Sobre o blog

Músicas, Livros, Cursos, Atendimentos, Budismo e Nova Espiritualidade. Blog de Paulo Stekel com todas as novidades do seu trabalho como músico, escritor, instrutor e pesquisador da Espiritualidade Universal. Confira os livros disponíveis, seus álbuns musicais já lançados, a lista de cursos à disposição e os atendimentos. ***** Contato: pstekel@gmail.com ***** © 2014 Paulo Stekel – todos os direitos reservados - all rights reserved

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Livros de Stekel (e-books em PDF)

Obras de Paulo Stekel (2001 a 2016)

Elohê Israel (Os Deuses de Israel) – Filosofia Esotérica na Bíblia (2001)


Preço: R$ 14,00 (catorze reais)
Baixar trechos: http://www.4shared.com/office/UOvMXxTZ/Eloh_Israel_verso_eletrnica_tr.html

Expor, numa mesma obra, de forma evidente, tanto as controvérsias que envolvem a Bíblia quanto o caráter místico e esotérico escondido sob as brumas de incerteza que permeiam o texto que guia a vida de milhões de judeus e cristãos, é uma pretensão quase impossível de realizar.

Não para o autor, especialista em ambas as coisas. Stekel, usando o pseudônimo “Danea Tage”, parte sempre do princípio do “ceticismo sensato” - aquele que se dá o direito ao benefício da dúvida - e, feita a separação entre o joio e o trigo, apresenta o caráter verdadeiro e iniciático original do texto bíblico, isto é, o sentido espiritual real que Moisés, os Profetas, os cabalistas e os gnósticos deram aos escritos quando os redigiram, e não o sentido ensinado pelos intérpretes posteriores, tomados de idéias fanáticas e objetivos obscuros.

Esta é, sem dúvida, uma obra imprescindível aos iniciantes no estudo das questões bíblicas, e utilíssima aos eruditos em textos sagrados, sejam cristãos, judeus ou universalistas. Contém dois apêndices importantes: “Os Rolos de Qumrã” e “O Cristo Gnóstico e a Grande Mentira”.

Índice


Introdução

Primeira Parte – Antigo Testamento

Introdução
I – Torah (o Pentateuco)

Gênese
Êxodo
Levítico
Números
Deuteronômio

II – Livros históricos
1º bloco – Josué, Juízes, Rute, 1 e 2 Samuel, 1 e 2 Reis
2º bloco – Crônicas, Esdras e Neemias
3º bloco – Tobias, Judite e Ester
4º bloco – Macabeus

III – Livros poéticos e sapienciais

IV – Livros proféticos

Segunda Parte – Novo Testamento


Introdução
I – Os quatro evangelhos
II – Atos dos apóstolos
III – Epístolas de Paulo
IV – Epístolas católicas
V – Apocalipse

Terceira Parte – A Bíblia e a Filosofia Esotérica

Introdução
Filosofia esotérica no Antigo Testamento
Filosofia esotérica no Novo Testamento

Apêndices gnósticos

Apêndice I – Os rolos de Qumrã
Apêndice II – O Cristo Gnóstico e a Grande Mentira

Considerações finais
O autor
Bibliografia


-----------------------------------------------------------------

Projeto Aurora – retorno a linguagem da consciência (2003)


Preço: R$ 16,00 (dezesseis reais)
Baixar trechos: http://www.4shared.com/document/uEgp-J32/Projeto_Aurora_verso_eletrnica.html

O livro traz uma nova visão da origem das línguas, das culturas e de suas tradições espirituais, e apresenta uma abordagem holística do conhecimento e da provável visita de civilizações extraterrestres a nosso planeta desde tempos imemoriais.

Além de fartas referências bibliográficas, a obra traz dezenas de esquemas de alfabetos antigos, mapas e reconstituições e suas relações com o conhecimento antigo, a Cabala e as tradições esotéricas universais.

Um dos assuntos mais polêmicos tratados no livro são as “mensagens codificadas” que foram traduzidas por Stekel (aqui usando o pseudônimo “Danea Tage”) segundo métodos explicados ao longo dos capítulos. Essa codificação foi utilizada por Stekel e outras pessoas em 1993 em vigílias de contato ufológico. Os resultados são apresentados no último apêndice da obra.

Sumário

Prefácio à edição eletrônica de 2007

Introdução

Primeira Parte – Holognose


Cap. I – Visão Holística
Cap. II – Ciência
Cap. III – Esoterismo
Cap. IV – Ciência & Esoterismo: Holognose
Cap. V – Sobre o que se chama de “Ufologia”

Uma projeção futurológica da consciência do 3º Milênio
Ciência: exobiologia, astrobiologia, bioastronomia
Paraciência: ufologia
Controvérsias ufológicas: científicos x esotéricos
Holognose: uma proposta emergente para a Ufologia

Segunda Parte – Tradição

Cap. VI – A Tradição e a Grande Fraternidade Branca

A tradição neolítica
A tradição esotérica da humanidade ou “A Doutrina Secreta”
Cap. VII – Ciência-Filosofia-Religião
Cap. VIII – O “ateísmo teosófico”
Cap. IX – Passado esquecido: a Atlântida
Cap. X – Um resumo da Cabala

História da Cabala
Os 22 princípios da Cabala
A Árvore da Vida e as Sefirot
Operações cabalísticas
Comentário resumido do Sefer Yetsirah
Cap. XI – A Torre de Babel e a língua original

Terceira Parte – Logolingüística

Cap. XII – O Vattan de d'Alveydre

O indo-europeu e o Devanagari
O idioma das letras falantes
Cap. XIII – O Senzar de Blavatsky
Cap. XIV – Conceito e mecanismo da Logolingüística
Cap. XV – Logolingüística diacrônica

Diacrônica dos logogramas
A linguagem de Glozel
A degeneração da logolinguagem e a questão fonética
Analogia e aglutinação
Análise subjetiva e objetiva
A diversidade das línguas
A pesquisa retrospectiva
Cap. XVI – Princípios lingüísticos aplicados a logolinguagem
Língua e linguagem
Língua e fala
A questão da representação gráfica
Natureza do signo em logolinguagem
Imutabilidade e mutabilidade do signo
Identidade, realidade e valor
Relações sintagmáticas e associativas
Cap. XVII – Paleontologia logolingüística
Logolinguagem, famílias e tipos lingüísticos
A migração da logolinguagem atlante
“A Doutrina Secreta” e a linguagem atlante
A evolução da escrita
A escrita egípcia
A escrita fenícia
As origens do hebraico bíblico
E o devanagari sânscrito?

Quarta Parte – Logogramática

Cap. XVIII – Uma introdução à gramática da logolinguagem

Fonética
Morfologia
Sintaxe
A lógica logogramatical
Cap. XIX – Pequeno léxico diacrônico da logolinguagem

Quinta Parte – Diacrônica interplanetária

Cap. XX – Buscando a “pedra de Rosetta”

Onde estão as fontes da Tradição?
Eles sempre estiveram entre nós!
O “paranormal” e o “esotérico”
Transcendendo o “daqui não passarás”
Cap. XXI – A história do embornal
Cap. XXII – Catorze anos depois: a tradução da mensagem do embornal

O trabalho de tradução
A mensagem traduzida
Logogramática da mensagem do embornal
O logo-alfabeto do embornal
Simbologia extraterrestre
Os extraterrestres escrevem em hebraico?
Glozel decifrado
Análises finais

Conclusão

Apêndices

Inspiração e Canalização: desfazendo equívocos
Os tentáculos da contra-informação e as abduções
A verdade sobre o “Projeto Aurora” - a mensagem transmitida

Esquemas

Bibliografia

O autor


-------------------------------------------

Santo & Profano – estudo etimológico das línguas sagradas (2006)


Preço: R$ 14,00 (catorze reais)
Baixar trechos: http://www.4shared.com/document/UwP-QyZb/Santo_e_Profano_trechos.html

O objetivo desta terceira obra do professor Paulo Stekel, é demonstrar que as línguas em sua origem tiveram um caráter quase que exclusivamente sagrado, tendo nascido junto com a religião, talvez como um processo de desenvolvimento do pensamento espiritual dos seres humanos primevos. Aos poucos a humanidade foi perdendo a conexão com a sacralidade das coisas e dos seres, até culminar na era das línguas modernas, totalmente desconectadas de suas matrizes sacerdotais, fontes da maior parte dos conceitos e acepções que hoje utilizamos no falar e no escrever.

“Santo e Profano” traz, pela primeira vez numa obra em português, uma análise etimológica e simbólica de milhares de palavras e expressões sagradas de diversas religiões em mais de trinta línguas diferentes.

A maior parte das análises se detém em cinco línguas sagradas – latim, grego, sânscrito, hebraico e iorubá – e em algumas modernas, latinas e anglo-germânicas, entre outras. O conhecimento ancestral que “desperta” destas análises não só é intrigante como esclarecedor, pois a verdadeira força dos “mantras” praticados em muitas civilizações em suas iniciações aparece sem véus, os rituais passam a ter um sentido universal e a história (antes) perdida da Antigüidade reencontra seu elo mais confiável – a linguagem sagrada, na qual foram concebidos e transmitidos à posteridade todos os mitos do mundo.

Mesmo não pretendendo ser um estudo completo da linguagem sagrada, certamente o leitor se sentirá instigado a saber mais sobre as diversas visões do sagrado elaboradas pela raça humana ao longo de milhares de anos.

Índice geral


Apresentação

Introdução

Cap. I – O sagrado e o profano ou da tradição à modernidade

1.1 – Uma definição de “língua sagrada”
1.2 – Etimologia do sagrado
1.3 – Etimologia do profano
1.4 – A era de Adão ou a modernidade profana

Cap. II – Do paganismo sagrado ao cristianismo profano
2.1 – O pagão e seus mistérios
2.2 – Resquícios pagãos na ritualística cristã
2.3 – Maçonaria: a sobrevivência dos Mistérios

Cap. III – Latim: a sepultura do paganismo
3.1 – Uma classificação do latim
3.2 – Da língua primitiva ao latim clássico
3.3 – Latim clássico e latim vulgar
3.4 – O latim bíblico
3.5 – A origem da escrita romana
3.6 – Um pouco de paganismo latino

Cap. IV – Grego: a língua de Sofia
4.1 – Os povos da Hélade
4.2 – A língua grega
4.3 – A religião grega
4.4 – A Trindade grega de Hesíodo
4.5 – Sofia: dos Mistérios à Gnose

Cap. V – Hebraico: a linguagem dos anjos
5.1 – Do fenício ao aramaico
5.2 – O culto de Israel [parte 1]
5.3 – Um politeísmo escondido em muitos anjos?
5.4 – A tradição sagrada da Cabala

Cap. VI – Sânscrito: a escrita dos Devas
6.1 – Os Vedas
6.2 – Do védico ao sânscrito: a evolução do sagrado
6.3 – A gramática mais antiga do mundo
6.4 – Os guardiões de Rta
6.5 – Relações lingüísticas

Cap. VII – Iorubá: a fala sagrada de Olorum
7.1 – Primórdios da Mãe África
7.2 – A matriz iorubana
7.3 – Èsin Olorum: um monoteísmo escondido entre muitos deuses
7.4 – Um pouco de teogonia e cabala iorubana
7.5 – Etimologia da palavra “yòrùbá”
7.6 – Ofó: a palavra mística
7.7 – Relações com outras línguas sagradas
7.8 – Análise cabalística dos nomes de alguns deuses africanos

Cap. VIII – Mantras: palavras de poder
8.1 – Os primórdios de uma “acústica oculta”
8.2 – Tipos de mantras
8.3 – Mantra Yoga: a essência do som
8.4 – Consciência e Som
8.5 – Subsídios para uma “Cabala sânscrita”
8.6 – Matrika Shakti: o poder das letras

Cap. IX – Etimologia de Deus: Deus est daemon inversus
9.1 – Theos-Zeus-Deus
9.2 – Deus impessoal e Deus pessoal
9.3 – Do Espaço ao Sol e à Trindade
9.4 – Do Uno ao múltiplo

Cap. X – Etimologia do Diabo: Daemon est Deus inversus
10.1 – O problema do Mal
10.2 – As três fases do Diabo bíblico
10.3 – Os demônios de Lúcifer
10.4 – Asuras: os demônios hindus

Cap. XI – Etimologia da Gênese
11.1 - “No princípio...”
11.2 - “...criou Deus...”
11.3 - “...os céus e a terra”
11.4 – O verdadeiro “primeiro versículo”

Cap. XII – A linguagem sagrada de Moisés
12.1 – Do Egito ao Sinai
12.2 – Os mistérios de Yavé
12.3 – O Culto de Israel [Parte II]

Cap. XIII – O significado de Babel
13.1 – O que diz Moisés
13.2 – Safáh: a matriz da palavra
13.3 – Davár: a palavra original

Cap. XIV – Senzar: a linguagem-mãe
14.1 – O Indo-europeu e a matriz original
14.2 – O vattan de D'Alveydre
14.3 – O Senzar de Blavatsky

Cap. XV – A explosão das línguas
15.1 – Hierolinguagem
15.2 – Mecanismos hierolingüísticos
15.3 – A prova “fóssil” de Glozel
15.4 – Fenícios na Amazônia?
15.5 – A linguagem codificada dos Tukano
15.6 – Macus: os drávidas da Amazônia

Cap. XVI – Raízes e sons elementais
16.1 – O esquema da palavra
16.2 – Os 22 princípios e seus sons correspondentes
16.3 – Raízes duplas: a matriz da palavra

Cap. XVII – O Livro egípcio dos mortos e a Cabala
17.1 – Os Capítulos do Sair à Luz
17.2 – Palavras de poder
17.3 – A cabala dos deuses egípcios
17.4 – Origens da cabala nos Capítulos do Sair à Luz

Cap. XVIII – A unidade da cultura ariana da Índia
18.1 – O que é um ariano?
18.2 – O que dizem os indianos
18.3 – Os argumentos mais recentes contra a invasão ariana

Cap. XIX – Visão sagrada e visão moderna
19.1 – O sentido sagrado de Hierarquia
19.2 – A poesia das línguas sagradas
19.3 – O que restou do sagrado

Conclusão

Índice etimológico

Bibliografia

Sobre o autor


-------------------------------------------------

Deuses & Demônios – verdades inauditas e mentiras anunciadas sobre os anjos (2007)


Preço: R$ 14,00 (catorze reais)
Baixar trechos: http://www.4shared.com/document/ZIv6VxcZ/Deuses_e_Demnios_trechos.html

Como o assunto pode ser encarado sob três aspectos ou visões angélicas bem distintas, ainda que de certo modo conectadas – a bíblica, a cabalística e a “teosófica” -, a obra foi dividida em três partes: a primeira trata dos anjos na Bíblia (traz um apanhado bem completo dos principais trechos bíblicos citando anjos nas suas mais variadas denominações e hierarquias, apanhado este que não encontramos em nenhuma obra anterior sobre o assunto); a segunda parte trata dos anjos na Cabala, a tradição mística vinda desde Moisés (se a visão bíblica dos anjos é simbólica, a visão cabalística nada mais é que a tradução dos símbolos bíblicos, revestidos em novos símbolos, mais elaborados, porém); a terceira parte trata dos anjos na Tradição Esotérica Univelsal ou da tradição oculta sobre os anjos que os antigos Iniciados possuíam, e que foi apresentada pela primeira vez ao Ocidente pela mística russa Helena Petrovna Blavatsky (1831-1891), em sua monumental obra “A Doutrina Secreta” (1888).

A obra possui três adendos: o primeiro é uma crítica aos “adeptos” da Nova Era e à forma como estes apresentam os anjos, isto é, tão humanos como nós e tão à nossa disposição como se fôssemos as criaturas mais importantes do universo; o segundo adendo é um pequeno conto sobre anjos, com vistas a apresentar algumas idéias em forma de estória sobre a relação entre homens e anjos; o terceiro adendo são pantáculos angélicos, tanto dos anjos planetários quanto dos anjos dos signos, preparados pelo autor. Um pantáculo é uma figura geométrica correlata às mandalas indianas, e com a mesma função: conectar o homem ao seu Eu Interno através de geometria, cores e letras sagradas.

Índice

Introdução

Parte I – Os Anjos na Bíblia

I – Anjos no Antigo Testamento


Considerações iniciais
1 – Gênese
2 – Êxodo, Números, Deuteronômio
3 – Josué, Juízes, I e II Samuel, I e II Reis
4 – Crônicas, Neemias, Tobias, Jó
5 – Salmos
6 – Isaías, Jeremias, Ezequiel, Daniel, Oséias, Sofonias, Zacarias, Malaquias

II – Anjos no Novo Testamento

1 – Evangelhos
2 – Atos dos Apóstolos e Epístolas
3 – Apocalipse
Considerações finais

Parte II – Os Anjos na Cabala

1 – Análise cabalística dos termos bíblicos relativos aos anjos
2 – Aspecto astrológico dos anjos na Bíblia
3 – Uma análise do termo “Elohim”
4 – As várias faces de “Yahveh”
5 – Concepções angélicas da Idade Média
6 – A origem das Nove Hierarquias Angélicas
7 – Os 72 Anjos Cabalísticos
8 – Os Três Anjos da Guarda
9 – A angelologia dos antigos segundo Agrippa
10 – A angelologia dos modernos
11 – Os Sete Anjos Planetários
12 – Análise do mantra “Qadosh”
13 – Considerações finais

Parte III – Os Anjos na Tradição Esotérica Universal

I – Os Anjos na Filosofia Esotérica de Helena Blavatsky


1 – A Mente Universal
2 – Os Sete Senhores Sublimes
3 – Os Construtores
4 – As Trevas como a base da Luz
5 – Yahveh e a Serpente
6 – As Hierarquias Setenárias
7 – Fohat, o filho das Hierarquias Setenárias
8 – Os elementais
9 – Os Progenitores do homem na Terra
10 – O cosmos é dirigido
11 – Simbolismo
12 – Os Arquitetos e a Divindade
13 – A Divindade Oculta
14 – Demon est Deus inversus
15 – A Teogonia dos Deuses Criadores
16 – Sobre os elementos e os átomos
17 – As Forças
18 – Deuses, Mônadas e Átomos
19 – A Criação de seres divinos
20 – Os Deuses criam os homens
21 – Uma pausa para falar dos Titãs
22 – O mito de Satã
23 – Anjos e Demônios
24 – As máscaras de Yahveh
25 – O que são os “Elohim”?
26 – Astrologia e Astrolatria
27 – O “Pai Celeste”
28 – Últimas considerações (segundo o “Glossário Teosófico”)

II – Síntese Angélica

1 – Introdução
2 – Os Deuses
3 – O Logos ou Verbo
4 – As Hierarquias Criadoras
5 – Os Deuses Maiores ou Sefiroth – 2º e 3º estágios
6 – Os Deuses Menores ou Elementais – 1º estágio
7 – Arcanjos Solares e Planetários
8 – Anjos Nacionais e Anjos das Religiões
9 – Os Anjos e os Sete Raios

Conclusão

Adendos


Adendo I – Os anjos e a “Nova Era”
Adendo II – Conto: Miguel e Satã
Adendo III – Pantáculos angélicos

Bibliografia

Sobre o autor

-----------------------------------------------

Curso de Cabala – com noções de Hebraico & Aramaico – vol. I (2007)


Preço: R$ 22,00 (vinte e dois reais)
Baixar trechos: http://www.4shared.com/document/rdZ0g_WO/Curso_de_Cabala_Com_noes_de_He.html

O curso que se inicia com este volume tem vários objetivos, dependendo da expectativa de cada leitor. Os objetivos vão desde ensinar as bases do Hebraico antigo para aqueles que gostariam de saber o suficiente para escrever coisas interessantes, como os Nomes Divinos ou os nomes dos anjos, até um aprofundamento na língua para se ler e interpretar os textos da Bíblia e da Cabala (como o Sefer Yetsirah e o Sefer Ha-Zohar). Por isso, é composto de forma bem didática, permitindo que você possa se aprofundar até a medida de suas necessidades ou interesses.

Este Volume I é composto de 24 capítulos. Neles, você aprenderá as bases da escrita hebraica, as vogais e as consoantes, os sinais de leitura, os primeiros vocabulários e as primeiras noções da gramática da língua hebraica antiga. O último capítulo traz ainda as primeiras noções do Aramaico, noções que serão aprofundadas nos próximos volumem.

Se você desejar seguir no aprendizado, seguir-se-ão os Volumes II, III e IV, a ser lançados nos próximos anos. Cada volume aprofundará mais as noções de Hebraico e Aramaico, além dos conceitos espirituais envolvidos na Tradição da Cabala, por vezes relacionando-os com outras tradições espirituais, como o Vedanta, o Yoga, o Gnosticismo e o Cristianismo.

Índice


Introdução

Cap. I – Noções ortográficas

Cap. II – Consoantes 1

Cap. III – Vogais 1

Cap. IV – Consoantes 2

Cap. V – Consoantes Finais

Cap. VI – Vogais 2

Cap. VII – Consoantes e Vogais

Cap. VIII – Introdução à Cabala

Cap. IX – Formação e divisão das sílabas

Cap. X – A Tradição Hebraica e a Cabala

Cap. XI – Tonicidade e Acentos

Cap. XII – A Árvore da Vida na Cabala

Cap. XIII – A Pausa e as Vogais

Cap. XIV – As 32 Sendas – chave de números e letras

Cap. XV – Correspondências astrológicas no Sefer Yetsirah

Cap. XVI – Relação entre os Nomes Sagrados e os Números

Cap. XVII – Kethiv e Qerê

Cap. XVIII – Pronomes Hebraicos

Cap. XIX – O Artigo

Cap. XX – Ensinamentos da Cabala Mística

Cap. XXI – O Vav Conjuntivo

Cap. XXII – Preposições inseparáveis

Cap. XXIII – Gênero e Número dos Substantivos

Cap. XXIV – Primeiras noções de Aramaico


Exercícios – Respostas


Bibliografia


Sobre o autor


----------------------------------------------

Curso de Cabala – com noções de Hebraico & Aramaico – vol.II (2008)


Preço: R$ 22,00 (vinte e dois reais)
Baixar trechos: http://www.4shared.com/document/d76_eTti/Curso_de_Cabala_Com_noes_de_He.html

O presente curso, neste segundo volume, tem vários objetivos, dependendo da expectativa de cada leitor. Os objetivos vão desde ensinar as bases do Hebraico antigo para aqueles que gostariam de saber o suficiente para escrever coisas interessantes, como os Nomes Divinos ou os nomes dos anjos, até um aprofundamento na língua para se ler e interpretar os textos da Bíblia e da Cabala (como o Sefer Yetsirah e o Sefer Ha-Zohar). Por isso, é composto de forma bem didática, permitindo que você possa se aprofundar até a medida de suas necessidades ou interesses.

O Vol. II é composto de 17 capítulos, onde você aprenderá os mistérios do alfabeto hebraico, os numerais, o caso construto e o absoluto, a numerologia metafísica e mais um pouco de Aramaico.

Se você desejar continuar o aprendizado, seguir-se-ão os Volumes III e IV, a ser lançados nos próximos anos. Cada volume aprofundará mais as noções de Hebraico e Aramaico, além dos conceitos espirituais envolvidos na Tradição da Cabala, por vezes relacionando-os com outras tradições espirituais, como o Vedanta, o Yoga, o Gnosticismo e o Cristianismo.

Índice


Introdução

Cap. I – Mistérios do alfabeto

Cap. II – O Construto e o Absoluto

Cap. III – Trechos do Zohar para estudo

Cap. IV – O Adjetivo

Cap. V – Pronomes Interrogativos e o Relativo

Cap. VI – Relação entre os Nomes Sagrados e os Números – 2ª Parte

Cap. VII – O Comparativo e o Superlativo

Cap. VIII – Vocabulário especial do Antigo Testamento (com freqüência)

Cap. IX – Numerais Cardinais

Cap. X – Numerais Ordinais

Cap. XI – O Código Secreto da Bíblia é profético ou cabalístico?

Cap. XII – Cabala e Judaísmo

Cap. XIII – Cabala Literal, Dogmática e Luriânica

Cap. XIV – Outros sinais e acentos usados na escrita hebraica

Cap. XV – Numerologia Metafísica

Cap. XVI – Tópicos de Cabala Mística

Cap. XVII – Aramaico: alfabeto e vogais

Exercícios – Respostas


Bibliografia


Sobre o autor


---------------------------------------------

Curso de Sânscrito – com noções de Filosofia Indiana – vol. I (2008)


Preço: R$ 22,00 (vinte e dois reais)
Baixar trechos: http://www.4shared.com/document/3QXBWUAJ/Curso_de_Snscrito_com_noes_de_.html

O curso que se inicia com este volume tem vários objetivos, dependendo da expectativa de cada leitor. Os objetivos vão desde ensinar as bases do Sânscrito Clássico para aqueles que gostariam de saber o suficiente para escrever coisas interessantes, como os nomes das divindades, dos chacras ou os mantras, até um aprofundamento na língua para se ler e interpretar os textos védicos, os ensinamentos do Yoga, os sutras budistas, etc. Por isso, é composto de forma bem didática, permitindo que você possa se aprofundar até a medida de suas necessidades ou interesses.

Este Volume I é composto de 21 capítulos. Neles, você aprenderá as bases da escrita Devanagari, a mais utilizada para se escrever em Sânscrito, as vogais e as consoantes, os sinais de pontuação (que são poucos), os primeiros vocabulários e as primeiras noções da gramática da língua sânscrita clássica. Há ainda capítulos com noções de Páli (a língua canônica do Budismo do Sul), Canto Védico e sânscrito arcaico, noções que serão aprofundadas nos próximos volumes deste Curso de Sânscrito.

Se você desejar seguir no aprendizado, seguir-se-ão os Volumes II, III e IV, a ser lançados nos próximos anos. Cada volume aprofundará mais as noções de Sânscrito, além dos conceitos espirituais envolvidos nas diversas tradições a ele associadas, como o Vedanta, o Yoga, o Jainismo, o Hinduísmo e o Budismo.

Índice


Introdução

Cap. I – Situando a língua sânscrita

Cap. II – Vogais I – Formas iniciais

Cap. III – Vogais II – Formas médias e ditongos

Cap. IV – Letras invariáveis

Cap. V – Consoantes guturais

Cap. VI – Consoantes palatais

Cap. VII – Consoantes cerebrais

Cap. VIII – Consoantes dentais

Cap. IX – Consoantes labiais

Cap. X – Semivogais

Cap. XI – Sibilantes, Ha e Ksa

Cap. XII – Vogais e Consoantes – considerações gerais

Cap. XIII – Chacras – uma visão comparativa

Cap. XIV – Os Vedas

Cap. XV – Mantras – sons sagrados

Cap. XVI – O conceito indiano de Deuses e Demônios

Cap. XVII – Consoantes compostas

Cap. XVIII – Considerações sobre a pronúncia do Sânscrito

Cap. XIX – Noções de Canto Védico

Cap. XX – Glossário comparativo

Cap. XXI – Introdução à Mitologia Védica


Exercícios – Respostas


Bibliografia


Sobre o autor


------------------------------------------------

Curso de Sânscrito – com noções de Filosofia Indiana – vol. II (2009)


Preço: R$ 22,00 (vinte e dois reais)
Baixar trechos: http://www.4shared.com/document/03Q-ezti/Curso_de_Snscrito_com_noes_de_.html

O curso que continua neste volume tem vários objetivos, dependendo da expectativa de cada leitor. Os objetivos vão desde ensinar as bases do Sânscrito Clássico para aqueles que gostariam de saber o suficiente para escrever coisas interessantes, como os nomes das divindades, dos chacras ou os mantras, até um aprofundamento na língua para se ler e interpretar os textos védicos, os ensinamentos do Yoga, os sutras budistas, etc. Por isso, é composto de forma bem didática, permitindo que você possa se aprofundar até a medida de suas necessidades ou interesses.

Este Volume II é composto de 14 capítulos. Neles, você aprenderá as noções mais importantes para se entender o Sânscrito, as regras de eufonia (Sandhi), a declinação e seus casos, mais vocabulários (alguns específicos) e um aprofundamento maior no conhecimento da língua.

Se você desejar seguir no aprendizado, seguir-se-ão os Volumes III e IV, a ser lançados nos próximos anos. Cada volume aprofundará mais as noções de Sânscrito, além dos conceitos espirituais envolvidos nas diversas tradições a ele associadas, como o Vedanta, o Yoga, o Jainismo, o Hinduísmo e o Budismo.

Índice


Introdução

Cap. I – Regras de Sandhi ou Combinação Eufônica de Letras

Cap. II – Sandhi Externo

Cap. III – Sandhi Interno

Cap. IV – Nomenclatura gramatical sânscrita

Cap. V – Introdução à Conversação em Sânscrito – Laukika Samskrtam

Cap. VI – Declinação – Noções gerais

Cap. VII – Declinação - Nomes

Cap. VIII – O Sânscrito como Palavra Divina

Cap. IX – O poder do silêncio e do Om

Cap. X – Graus de Comparação

Cap. XI – Numerais Cardinais

Cap. XII – Numerais Ordinais

Cap. XIII – Pronomes

Cap. XIV – Métrica no Sânscrito Clássico


Exercícios – Respostas


Bibliografia


Sobre o autor


------------------------------------------------

A Alma da Palavra – o discurso como Filosofia Perene (2011)


Preço: R$ 14,00 (catorze reais)
Baixar trechos: http://www.4shared.com/document/loFai2tz/A_Alma_da_Palavra_trechos.html

Uma visão mais holística poderia ser útil para resgatar o valor das tradições ancestrais e a alma da palavra, perdida para nós, homens da “civilização global”. É o que Stekel propôs ao lançar a idéia de uma nova ciência para estudar as línguas e linguagens sagradas, a Hierolingüística, em seu terceiro livro, “Santo & Profano – estudo etimológico das línguas sagradas”. Agora, em “A Alma da Palavra”, Stekel apresenta na prática o que seria resgatar esta “alma”, entranhada na idéia de “espiritualidade” e “religiosidade”. Todo o ser humano tem uma relação com o transcendente, e isso é espiritualidade. Quando este procura alguma forma de sistematização desta relação, com a finalidade de crescer como ser humano, acaba por expressar sua religiosidade. Assim, um ser espiritualizado pode ser alguém que não professa religião instituída alguma. E, muitos religiosos têm se demonstrado as pessoas mais sem espiritualidade que se possa conceber. Estamos mesmo na era dos disparates...

As análises, argumentos e mesmo os exercícios que compõem certas partes desta obra, estão todos dentro dos postulados da Filosofia Perene, uma expressão cada vez mais comum. Mas o que é esta Filosofia Perene?

A Filosofia Perene é um termo geralmente usado como um sinônimo da expressão sânscrita Sanatana Dharma (“Verdade perene ou eterna”, lit. “sustentação eterna [do universo]”). O filósofo alemão Gottfried Leibniz o utilizou para designar a filosofia comum e eterna subjacente às grandes religiões mundiais, em particular suas interpretações místicas ou “esoterismos” (os ensinamentos privados). O termo foi cunhado durante o Renascimento por Agostinho Steuco, bibliotecário do Vaticano no séc. XVI, no livro De Perenni Philosophia libri X, de 1540.

Índice

Introdução

Capítulo 1 – Sphota: A alma da palavra nas tradições indianas

Sânscrito: a linguagem dos deuses
O desabrochar da alma
Um conceito recente sobre idéias antigas?
Uma breve visão histórica do conceito de Sphota
A natureza de Sphota
O processo de comunicação
Mantras
Exercício 1 – Manifestação dos sons sutis (versão descendente)
Exercício 2 – Manifestação dos sons sutis (versão ascendente)
O poder das letras – Matrika Shakti
Shabda: a natureza do discurso
Exercício 3 – Meditação na Voz do Silêncio
Om: a fonte de Sphota

Capítulo 2 – Logos: o Verbo divino na cultura grega
A palavra “Mistério”
A doutrina do Logos
Diferença entre Logos e Rhema
Conexões entre Nous e Logos
Gnose: o conhecimento do Logos
Exercício 4 – As sagradas vogais gnósticas
Anima Mundi: o divino permeando o todo

Capítulo 3 – Verbum: a alma latina, nosso legado
O pagão e seus mistérios
Características do Latim
Os Carmina, antigos vaticínios
Palavra, Verbo e Discurso

Capítulo 4 – Davar: A palavra de Deus
O simbolismo de Adão
A importância do Hebraico
Davar: o Verbo manifestado de Elohim
Bat Qôl – A “Filha da Voz” ou a Sofia hebraica?
Babel e a matriz das palavras
Mantras cabalísticos
Exercício 5 – Vocalização do mantra Qadosh
Exercício 6 – Vocalização dos Dez Nomes de Deus
Invocações angélicas
Exercício 7 – Invocação a seu Anjo Cabalístico

Capítulo 5 – A alma da palavra em outras tradições
A palavra nas tradições africanas
A palavra sagrada entre os egípcios
A fala sagrada na Amazônia
Curiosidades sobre a visão da palavra
O poder da palavra nas tradições orais
A alma do Pai Nosso
Exercício 8 – Vocalização do Pai Nosso em três línguas sagradas

Capítulo 6 – A alma da palavra no discurso, na poesia e na música
Discurso e Discurso sagrado
A alma da poesia sagrada
Os 22 Princípios sonoros universais
Exercício 9 – Sons primordiais segundo a Filosofia Perene
O poder da Língua Portuguesa
Exercício 10 – Vocalização com os sons primordiais existentes no Português
Resgatando a alma das palavras
Exercício 11 – Lista das palavras mais usadas por você
A música e a palavra: o ritmo da alma

Capítulo 7 – Simbolismo dos estados ampliados de consciência: uma origem para o sagrado?
O que é a Consciência
Estados de Consciência
Estados Ampliados de Consciência
Canalização – conexão com o Eu Interno?
Uma entrevista: tirando dúvidas
Estados Ampliados seriam a origem do sagrado?

Conclusão

Créditos das figuras

Bibliografia

Sobre o autor


----------------------------------------------

EBOOK GRATUITO!!!



EBOOK GRÁTIS SOBRE "CANALIZAÇÃO" PARA VOCÊ!!!

Acaba de ser lançado este presente para todos os interessados em Canalização (Channeling). É um ebook totalmente gratuito com informações preciosas sobre esta técnica ainda pouco conhecida no Brasil.

COMO PEDIR O SEU EXEMPLAR DIGITAL: Envie mensagem para o email pstekel@gmail.com e peça gratuitamente o seu ebook "Canalização - um processo de sintonização de realidades extrafísicas".

Como há pouco material em Língua Portuguesa sobre o assunto atualmente, Paulo Stekel tem publicado diversos artigos aprofundados e muito esclarecedores sobre o que é Canalização, como funciona, o que são os mentores e guias espirituais, relações com a meditação e a mediunidade, etc. Este ebook gratuito traz muitas informações neste sentido.

PEÇA JÁ O SEU, SEM QUALQUER CUSTO!!!




Sobre o autor

Paulo Stekel é jornalista, escritor, tradutor, revisor, sintonizador musical, com vários álbuns lançados desde 2008. Stekel é um pesquisador não-acadêmico, um professor autodidata de Cabala, Hebraico bíblico-cabalístico, Sânscrito e línguas sagradas. É um especialista na interpretação dos textos sagrados das religiões.

Nasceu e cresceu em Santa Maria (Rio Grande do Sul, Brasil) [1970]. Desde os nove anos estuda religiões e filosofias. Atualmente resida na Grande Porto Alegre (Rio Grande do Sul), onde ensina Cabala, Hebraico, Sânscrito e Hierolingüística [uma nova ciência para o estudo das linguagens sagradas proposta por Stekel em seu livro "Santo & Profano – estudo etimológico das línguas sagradas", publicado em 2006].

Stekel tem estudado muitas línguas e linguagens antigas (Hebraico, Aramaico, Grego, Latim, Iorubá, Sânscrito, Sumério, Tibetano, etc.), várias religiões e filosofias, escolas e ordens místico-espirituais (Yoga, Teosofia, Maçonaria, Budismo Tibetano) e áreas da Ciência Moderna (Psicologia Transpessoal, Física Quântica, Lingüística), sempre mantendo um caráter não-acadêmico, mas estudando de modo sempre profundo cada área de seu interesse.

Stekel publicou sete obras: "Elohê Israel (Os deuses de Israel) - filosofia esotérica na Bíblia" (Independente, 2001); "Projeto Aurora - retorno à linguagem da consciência" (FEEU, 2003); "Método de Sânscrito para estudantes brasileiros" (Independente, 2004); "Santo e Profano - estudo etimológico das línguas sagradas" (GEFO, 2006); “Deuses & Demônios – verdades inauditas e mentiras anunciadas sobre os anjos” (Independente, 2007); “Curso de Cabala – com noções de Hebraico & Aramaico [vol. I]” (Independente, 2007); “Curso de Sânscrito – com noções de Filosofia Indiana [vol. I]” (Independente, 2008). Em seus livros e na maioria de seus artigos, Stekel usa o pseudônimo de Danea Tage.

Foi editor da Revista Horizonte – Leitura Holística, uma publicação eletrônica focada na espiritualidade, no meio ambiente, nas tradições religiosas, nas línguas sagradas e nas terapias alternativas.

Atualmente Stekel tem uma carreira musical nos estilos new age, ambiente e eletrônico, tendo lançado vários álbuns de música canalizada e mantras codificados, como “Qadosh” (2008), “Galaktika” (2009), “Sacred Voices” (2011) e “The Planets – for XXIst Century” (2011).


E-mail: pstekel@gmail.com (Para pedidos de livros, CDs e cursos de Stekel)

Canal no Youtube: http://www.youtube.com/paulostekel

Nenhum comentário:

Postar um comentário