Sobre o blog

Músicas, Livros, Cursos, Atendimentos, Budismo e Nova Espiritualidade. Blog de Paulo Stekel com todas as novidades do seu trabalho como músico, escritor, instrutor e pesquisador da Espiritualidade Universal. Confira os livros disponíveis, seus álbuns musicais já lançados, a lista de cursos à disposição e os atendimentos. ***** Contato: pstekel@gmail.com ***** © 2014 Paulo Stekel – todos os direitos reservados - all rights reserved

terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Uma introdução sobre Sigilos Cabalísticos – Segulot

Por Paulo Stekel

[Trecho do Sefer Raziel HaMalakh mostrando vários sigilos mágicos (ou segulot, em Hebraico)]

Um sigilo (Latim Sigillum, “selo”) nada mais é que um símbolo criado por um magista para um determinado propósito mágico. Normalmente é composto por uma combinação complexa de vários símbolos comuns específicos ou figuras geométricas, cada uma com significado ou intenção próprios. O objetivo principal é representar e evocar a ação de um determinado daimon (espírito inspirador, de onde deriva a palavra “demônio”- plural daimones) ou outra entidade.

Apesar da palavra sigilo derivar do Latim sigillum ("selo"), também está relacionada à palavra Hebraica segulah ("palavra, ação ou item de efeito espiritual"). Um sigilo pode possuir uma forma abstrata, pictorial ou semi-abstrata. Seu uso começou na época do Renascimento, mas é inspirado pelas tradições mágicas da Antiguidade.

Na magia cerimonial da Idade Média, o termo Sigilo geralmente se refere aos signos ou sinais ocultos que representam vários anjos e demônios com os quais o magista trabalha. Os livros de instrução do magista, os Grimórios, geralmente trazem páginas de sigilos de vários tipos. Um bom exemplo é o famoso grimório chamado “Clavívulas de Salomão”, mais conhecido no Brasil por sua publicação através do magista francês Eliphas Levi. Esta obra traz os sigilos dos 72 Príncipes da Hierarquia do Inferno para uso do magista. Tais sigilos são considerados equivalentes ao nome real do espírito e garantem ao magista um modo de obter controle sobre tais seres e sobre os humanos, animais e plantas.

Um dos métodos mais usados para criar sigilos é o uso dos Kameas (quadrados mágicos, que têm origem asiática – China, Índia ou Pérsia, e eram usados para fins matemáticos e astrológicos) – os nomes dos espíritos são convertidos em números, que estão no quadrado mágico segundo certa ordem baseada no planeta regente do quadrado, etc. O lugar dos números é marcado com linhas, formando uma figura abstrata.

Abaixo, os números dos Quadrados Mágicos dos Planetas (o número ao lado do nome de cada planeta é a sona que deve dar qualquer linha de números, em qualquer sentido):

Saturno = 15
4 9 2
3 5 7
8 1 6

Júpiter = 34
4 14 15 1
9 7 6 12
5 11 10 8
16 2 3 13

Marte = 65
11 24 7 20 3
4 12 25 8 16
17 5 13 21 9
10 18 1 14 22
23 6 19 2 15

Sol = 111
6 32 3 34 35 1
7 11 27 28 8 30
19 14 16 15 23 24
18 20 22 21 17 13
25 29 10 9 26 12
36 5 33 4 2 31

Vênus = 175
22 47 16 41 10 35 4
5 23 48 17 42 11 29
30 6 24 49 18 36 12
13 31 7 25 43 19 37
38 14 32 1 26 44 20
21 39 8 33 2 27 45
46 15 40 9 34 3 28

Mercúrio = 260
8 58 59 5 4 62 63 1
49 15 14 52 53 11 10 56
41 23 22 44 45 19 18 48
32 34 35 29 28 38 39 25
40 26 27 37 36 30 31 33
17 47 46 20 21 43 42 24
9 55 54 12 13 51 50 16
64 2 3 61 60 6 7 57

Lua = 369
37 78 29 70 21 62 13 54 5
6 38 79 30 71 22 63 14 46
47 7 39 80 31 72 23 55 15
16 48 8 40 81 32 64 24 56
57 17 49 9 41 73 33 65 25
26 58 18 50 1 42 74 34 66
67 27 59 10 51 2 43 75 35
36 68 19 60 11 52 3 44 76
77 28 69 20 61 12 53 4 45

O uso de símbolos para propósitos mágicos ou religiosos tem se espalhado pelo mundo desde a era Neolítica. Entre os exemplos de outras culturas temos os yantras do Hinduísmo, as Runas entre os povos Germânicos e o uso de Veves no Vodu haitiano.

Uma das fontes cabalísticas mais antigas de sigilos é o Sefer Raziel HaMalakh (acesso o original em Hebraico aqui: http://www.hebrewbooks.org/pdfpager.aspx?req=23968&st=&pgnum=1&hilite= ), ou “Livro do Anjo Raziel”, um grimório medieval de Cabala Prática, primeiramente escrito em Hebraico e Aramaico, mas preservado também em tradução para o Latim como Liber Razielis Archangeli, em um manuscrito produzido no Século XIII sob Alfonso X.


--------------------------------------------------------------------------------------

Interessados no assunto podem se inscrever no workshop de Paulo Stekel:

Workshop: Pantáculos, Sigilos e Códigos Cabalísticos
para prosperidade, saúde e proteção contra magia negra




Com Paulo Stekel (Pema Dorje)

Dia 13 de Fevereiro
Sábado
Das 14h às 20h
VAGAS LIMITADAS


O que são Pantáculos
Diferença entre Pantáculos e Pentáculos
Ondas de Forma
Quadrados Mágicos
Pantáculos para uso diário (inteligência, prosperidade, amor, proteção,saúde, etc.)
Pantáculos Angélicos e dos Signos
Sigilos e Assinaturas Angélicas
Cálculo de um Sigilo Pessoal para cada participante
Códigos Cabalísticos
O Código Qadosh
Códigos de Bênção
Os Sete Anjos da Face

Informações e inscrições:

(51) 9596-5164 [VIVO] e (51) 9217-5164 [CLARO]
Whatsapp: (51) 9596-5164
Email: pstekel@gmail.com
Investimento: R$ 100,00 (cem reais)
Inclui apostila e certificado

(Paulo Stekel - cabalista)

Nenhum comentário:

Postar um comentário