Sobre o blog

Músicas, Livros, Cursos, Atendimentos, Budismo e Nova Espiritualidade. Blog de Paulo Stekel com todas as novidades do seu trabalho como músico, escritor, instrutor e pesquisador da Espiritualidade Universal. Confira os livros disponíveis, seus álbuns musicais já lançados, a lista de cursos à disposição e os atendimentos. ***** Contato: pstekel@gmail.com ***** © 2014 Paulo Stekel – todos os direitos reservados - all rights reserved

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

A Era Escura do Dharma


"Infelizmente, estamos na Era de Degenerescência, o Mappo, a Era Escura, o período do Declínio do Dharma, em que a prática espiritual em geral (budista ou não) decai a cada dia. Esta é uma crença budista que aceito plenamente. Falsos mestres se revelam, suas falsas realizações se demonstram, sua hipocrisia fica clara, seu envolvimento com o samsara em nível lamacento se evidencia a cada instante. Resolvi romper com todos estes hipócritas, adeptos da “politicagem religiosa” interessados apenas em benefícios pessoais, iludindo seus alunos até que eles venham a se dar conta do prejuízo. Eu mesmo tive sinais em meditação de quem estava prejudicando minha caminhada e da necessidade de me afastar. Mas, felizmente, isso me aproximou muito mais do Dharma, o Dharma Vivo que sustenta os Budas e Bodhisattvas das Dez Direções. Se estes mestres oficialmente investidos, mas internamente usurpantes, se acham superiores aos demais seres, não chegaram a realização alguma. Monges ou leigos, casados ou solteiros, homens ou mulheres, héteros ou gays, muitos são sanguessugas das sanghas (“sanghassugas”), arrecadadores de dinheiro sob pretexto de acúmulo de méritos, egos inflados sem qualquer humildade, depositários autodeclarados de um Dharma que não praticam, especialistas em “verborragia dármica” sem sentido, mas com objetivos pessoais bem claros. Manipulam o quanto podem e amedrontam com os infernos quentes e frios! A estes todos os infernos aguardam no momento da morte…"

[Trecho do livro "Caminhos do Dharma", de Pema Dorje/Paulo Stekel, a ser publicado em breve]

Nenhum comentário:

Postar um comentário